Usina em Valinhos vai reciclar materiais em toda a região

Nesta quinta-feira, 21, foi lançada a pedra fundamental da usina de reciclagem que a Serello Ambiental irá implantar em Valinhos. A unidade vai atender toda a Região Metropolitana de Campinas. Serão investidos R$ 11,8 milhões na construção da planta, que deverá empregar cerca de 14 pessoas.

A unidade de reciclagem de resíduos sólidos da construção civil será um destino mais próximo para o descarte de entulho proveniente de Valinhos, Vinhedo, Louveira e parte de Campinas.

Atualmente, o descarte é feito em outras unidades recicladoras como Hortolândia, Americana, Várzea Paulista e até mesmo para aterros sanitários em Paulínia.
A usina terá capacidade para receber de 100 a 200 caçambas por dia que correspondem a 500 metros cúbicos de entulho, podendo chegar até 1.000 por dia.

Os materiais gerados pela planta de produção como pedrisco, pedras de classificação 1 e 2, rachão, areia e bica corrida serão reinseridos na cadeia da construção civil. Desta forma, poderão ser usados, por exemplo, em drenos, base e sub-base de pavimentação, aterramento de valas, aplicações em alvenaria, muros, calçadas, pisos, valetas e fabricação de artefatos cerâmicos e de concreto como tijolos, blocos entre outros. A planta produzirá ainda cavaco de madeira para utilização como biomassa.