Vinhedo avança a fase amarela no Plano São Paulo

O governado João Doria anunciou nesta sexta-feira, 7, que toda a região de Campinas, que inclui Vinhedo, vai avançar a fase amarela do Plano São Paulo de reabertura da economia.

A nova determinação vale a partir deste sábado, 8, e a Prefeitura de Vinhedo deve editar um novo decreto para se enquadrar nos novos critérios. O governo também prorrogou a quarentena para até o dia 23 de agosto.

Na fase amarela, a terceira na reabertura, além dos setores que já estavam em funcionamento na fase laranja, agora podem funcionar também salões de beleza, academias e restaurantes. A capacidade de atendimento dos estabelecimentos também é ampliada de 20% para 40% e o horário de abertura fica estendido de quatro para seis horas diárias.

Confira abaixo como funciona as diretrizes desta nova fase:

Shoppings e galerias: com capacidade de 40%, horário reduzido para 6 horas e praças de alimentação ao ar livre ou áreas arejadas.

Comércio em geral: com capacidade de 40% e horário reduzido de 6 horas, ao invés de 4 horas.

Serviços: com capacidade de 40% e também horário reduzido em 6 horas seguidas.

Restaurantes, bares e similares: somente ao ar livre ou áreas arejadas, com capacidade de 40%, horário reduzido de 6 horas e atendimento presencial até 17h.

Salões de beleza e barbearias: com capacidade de 40% e horário reduzido em 6 horas.

Academias de esportes: com capacidade de 30%, horário reduzido em 6 horas, atendimento com hora marcada, permissão de aulas e práticas individuais (aulas em grupo estão suspensas).

Após a fase amarela o governo ainda tem no Plano SP a fase verde e a azul.

Evolução dos casos

Vinhedo iniciou a fase laranja de reabertura da economia no dia 27 de julho. Desde a reabertura até a noite de ontem, a cidade registrou 219 novos casos confirmados da covid-19. Ou seja, neste período de 11 dias, foram confirmados, em média, 19 novos casos por dia.

O índice de mortalidade segue baixo, saindo de 17 mortes em 27 de julho para 20 óbitos em 7 de agosto. O total de casos confirmados em Vinhedo chegou a 1.126 pessoas infectadas pela doença.