Campinas terá rodízio de veículos a partir de segunda-feira

Medida será valida para todos os veículos que estiverem circulando na cidade

Agentes da EMDEC serão um dos responsáveis pela fiscalização em Campinas

A Prefeitura de Campinas vai adotar o rodízio de veículos a partir desta segunda-feira, 18. A medida será por tempo indeterminado e foi anunciada nesta quarta-feira, 13, pelo prefeito Jonas Donizette (PSB).

O rodízio será das 6h às 20h e a cada dia da semana dois finais de placas não podem circular. A fiscalização será feita por agentes de trânsito e também por meio eletrônico, utilizando os radares da cidade. O modelo de Campinas é parecido com o da cidade de São Paulo antes da pandemia.

O motorista flagrado circulando no horário do rodízio poderá ser multado em R$ 130,16 e receberá quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação). A medida vale para todos os veículos que estão em circulação na cidade, seja ela com placas de Campinas ou de qualquer outro município.

De acordo com o comunicado da Prefeitura, profissionais de serviços essenciais estão fora do rodízio municipal. No entanto, os detalhes sobre esse ponto vão estar no decreto, que será publicado até sexta-feira.

A medida adotada por Campinas visa ampliar os índices de isolamento social na cidade. O município tem 669 casos confirmados de infectados pelo coronavírus.

Placas proibidas por dia

Segunda-feira: finais de placas 1 e 2

Terça-feira: finais de placas 3 e 4

Quarta-feira: finais de placas 5 e 6

Quinta-feira: finais de placas 7 e 8

Sexta-feira: finais de placas 9 e 0