Governo de SP prorroga quarentena por mais 15 dias

Medida segue nos mesmos moldes que já está em vigor e segue sem flexibilização

Governador do Estado durante coletiva nesta segunda-feira, 6

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou a ampliação da quarentena no estado até o dia 22 de abril, ou seja, por mais 15 dias. A determinação entra em vigor a partir desta quarta-feira, 8. A medida segue nos mesmos moldes que já está em vigor e segue sem flexibilização.

Dessa forma, devem seguir funcionando durante a quarentena: Hospitais, clínicas, farmácias e clínicas odontológicas; transporte público; transportadoras e armazéns; empresas de telemarketing; petshops; deliverys; supermercados, mercados e padarias; limpeza pública e postos de combustível.

Assim, deverão seguir fechados: bares e restaurantes que não possuem delivery ou drive-thru; cafés; casas noturnas; shopping centers e galerias; academias e centros de ginástica; espaços para festas, casamentos, shows e eventos; escolas públicas ou privadas.

O Estado chegou a 275 mortes relacionadas ao Coronavírus neste domingo, 5. Além disso, em uma semana, a secretaria houve aumento de 180% no número de mortes pela doença.

Conforme fez o Estado, a Prefeitura de Vinhedo deve seguir o decreto já que constitucionalmente a decisão do Governo estadual se sobrepõe a qualquer decreto municipal.