Governo recomenda cancelamento de eventos com mais de 500 pessoas

Prefeitura de Vinhedo disse nesta sexta que Festa da Uva segue normalmente

Doria falou em coletiva no início da noite desta sexta-feira na capital

Em coletiva de imprensa realizada no início da noite desta sexta-feira, 13, o governador João Doria (PSDB) recomendou a suspensão de eventos esportivos, musicais, de lazer ou qualquer natureza que reúna público acima de 500 pessoas, devido ao Coronavírus (Covid-19).

Vinhedo está às vésperas de iniciar o seu maior evento do ano, a Festa da Uva, que segundo projeções dos organizadores deve reunir mais de 300 mil pessoas durante três finais de semana. A Prefeitura informou, até o momento, que a programação da festa segue normalmente.

São Paulo é o estado brasileiro com o maior número de contaminados pelo Coronavírus, 48 conforme aponta atualização desta sexta. O Ministério da Saúde já classificou, tanto São Paulo quanto o estado do Rio de Janeiro como locais onde há casos de transmissão comunitária, quando já não é mais possível identificar a origem da doença.

Para conter o avanço do Covid-19, o Ministério da Saúde recomenda o cancelamento de eventos com aglomerações, além do isolamento por 7 dias de todas as pessoas que chegam de viagens internacionais, mesmo sem sintomas.

Vinhedo lançou também nesta sexta-feira, 13, um Comitê Intersetorial envolvendo diversas secretarias municipais e a Santa Casa com o objetivo de intensificar as ações de combate ao coronavírus.

“Como era previsto, a doença chegou ao Brasil e está se alastrando. A Organização Mundial de Saúde classifica a situação como pandemia global por conta da rápida expansão do coronavírus por todo o mundo. Estamos atentos e vamos tomar todas as medidas que julgamos cabíveis para proteger a nossa população, sobretudo aqueles que são mais vulneráveis”, destacou o prefeito Jaime Cruz.

Conforme destacou o secretário de Saúde de Vinhedo, Flávio Moreira, a Prefeitura já vem desde o início de fevereiro trabalhando na divulgação de informações para a população, sempre de forma proativa e transparente. Ele destacou que os profissionais de saúde estão recebendo os treinamentos necessários e ainda que o auxílio da população é muito importante, atendendo as normas de etiqueta respiratória.