Justiça determina reintegração de posse em ocupação do MST em Valinhos

Na segunda-feira, 12, a juíza da 1ª Vara do Foro de Valinhos determinou a reintegração de posse da ocupação "Marielle Vive", onde vivem cerca de 1 mil famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

De acordo com a decisão da juíza, os moradores terão 15 dias úteis para deixar a área, a partir da publicação da decisão no Diário da Justiça Eletrônico (DJE) do Poder Judiciário do Estado de São Paulo, que deve ocorrer nesta semana.

A área ocupada fica na Fazenda Eldorado no quilômetro 7 da Estrada do Jequitibá – ligação Valinhos-Itatiba.