Prefeitura de Vinhedo prepara retaguarda para vacinação contra Covid-19

Reunião em Hortolândia com os prefeitos definiu novas estratégias para combater segunda onda da pandemia

Com o anúncio do governo do Estado de São Paulo sobre a eficácia de, pelo menos, 78% da vacina CoronaVac produzida pelo Instituto Butantan, o prefeito de Vinhedo, dr. Dario Pacheco, determinou que todas as secretarias preparem a retaguarda para que o município possa iniciar a vacinação contra o coronavírus no dia 25 de janeiro, conforme planeja o Governo do Estado.

“Tudo indica que os municípios receberão primeiro a vacina do Governo do Estado, já que esta demonstrou ter eficácia comprovada. Recebendo a aprovação da Anvisa, já deixaremos toda a retaguarda pronta para que os grupos possam se submeter a imunização”, explicou o novo prefeito.

De acordo com a Secretaria de Saúde, a ideia é utilizar o formato drive thru para a vacinação, além de lugares alternativos, como escolas, terminais rodoviários, parques, entre outros, para que não haja aglomerações e com horário estendido, incluindo finais de semana.

Pelo calendário do Governo do Estado, o grupo de trabalhadores da saúde, indígenas e quilombolas deve ser o primeiro a ser vacinado no dia 25 de janeiro, seguido por idosos de 75 anos ou mais no dia 8 de fevereiro; 70 a 74 anos no dia 15 de fevereiro; 65 a 69 anos no dia 22 de fevereiro; 60 a 64 anos no dia 1º de maio. Todos devem tomar a segunda dose após 21 dias.

Região 

Acompanhado pelo secretário de Saúde, Carlos Vernin, o prefeito dr. Dario Pacheco, participou de uma reunião nesta quinta-feira, 7, no município e Hortolândia que reuniu os prefeitos dos municípios atendidos pelo DRS-VII (Departamento Regional de Saúde), órgão da Secretaria de Estado da Saúde. Na reunião, foram discutidas ações conjuntas para combater o avanço do Coronavírus nas cidades envolvidas, nesta segunda onda da pandemia, como a ampliação de leitos, Plano SP, cronograma de imunização, volta às aulas, entre outras medidas.