Secretaria de Louveira diz que morangos deixaram a água vermelha no Rio Capivari

De acordo com Louveira, material orgânico proveniente do morango deixou a água do Capivari vermelha

A Secretaria de Gestão Ambiental de Louveira investigou nesta sexta-feira, 24, a coloração avermelhada do Rio Capivari e disse que o material encontrado na água é um efluente orgânico e proveniente do morango. Ainda segunda informações da secretaria louveirense, o composto é derivado da cidade de Jundiaí.

A Sanebavi interrompeu a captação de água do Rio Capivari após notar a presença do líquido avermelhado. Ainda segundo a Sanebavi, o líquido, torna inviável o tratamento daquela água para consumo humano.

De acordo com informações da Prefeitura de Louveira, o morango foi despejado irregularmente em algum poço de visita em Jundiaí e foi encaminhado à estação de tratamento de esgoto da unidade Fernandes/Jundiaí.

Como a Estação de Jundiaí não estava totalmente preparada para processar este tipo de efluente, mesmo após o processo de tratamento ter retirado o esgoto da água, ele não conseguiu nesse momento retirar a cor avermelhada, que chegou até Louveira e Vinhedo.

Ainda segundo a Prefeitura de Louveira, os técnicos de duas secretarias da cidade estão colaborando com os técnicos de Jundiaí para solucionar a emissão desse efluente.