Inscrições para novos apartamentos da CDHU em Vinhedo começam na segunda

Período de inscrições vai até às 18h do dia 27 de maio e poderão ser feitas exclusivamente por aplicativo de celular ou pela internet

Prefeito Jaime Cruz (PSDB) durante visita as obras da CDHU em Vinhedo

Na próxima segunda-feira, 18, a partir das 10h, começam as inscrições para os interessados em adquirir uma das unidades do conjunto habitacional popular construído no município em parceria entre a Prefeitura de Vinhedo e o Governo do Estado de São Paulo, por meio da CDHU.

Ao todo, neste empreendimento, em fase final de construção, são 150 apartamentos. No entanto, as inscrições serão para um conjunto com 96 unidades, cuja financiamento será direto pela CDHU.

São unidades com área útil de 59,34 m², sendo 2 quartos, sala, cozinha, banheiro e lavanderia. As inscrições começam na segunda-feira, 18, a partir das 10h, e vão até o dia 27, às 18h.

Os outros 54 apartamentos do mesmo empreendimento constarão num próximo edital, com data de inscrições ainda a serem divulgadas, com financiamento pela Caixa Econômica Federal.

Como fazer a inscrição

As inscrições serão realizadas mediante o preenchimento de formulário eletrônico disponibilizado dentro do aplicativo Microsoft Kaizala, cujo acesso se dará exclusivamente por aparelho de telefone celular, ou pela internet no site www.cdhu.sp.gov.br.

A Prefeitura informou que os interessados que já fizeram o cadastro municipal de habitação, devem também realizar, obrigatoriamente, o cadastro no aplicativo da CDHU. Só o cadastro municipal não inscreve as pessoas automaticamente na lista da CDHU.

Celular (por aplicativo)

No caso das inscrições pelo celular, o interessado deverá acessar o site da CDHU pelo próprio aparelho (www.cdhu.sp.gov.br). Na página inicial do site da CDHU haverá um banner “Faça agora sua inscrição”, que indica que há inscrições abertas, clicar em qualquer lugar do banner para ser redirecionado para a próxima tela. Em seguida selecionar o empreendimento ‘Vinhedo-H (lote 2)’ para realizar as inscrições.

Na sequência, o interessado deverá inserir o número de telefone celular para iniciar o processo. Após o cadastro o interessado será redirecionado para uma nova página (Google Play ou App Store, o que for o caso) onde poderá realizar o download do aplicativo Kaizala, caso ainda não o possua, abrir o aplicativo e acessar o grupo da CDHU em ‘Vinhedo-H (lote 2)’. Clique em “Tocar para começar” e depois em “Inscrição” para iniciar o preenchimento do formulário ou em “Dúvidas” para obter orientações quanto ao correto preenchimento dos campos.

A CDHU alerta que, antes de finalizar o cadastro, a família deve conferir os dados informados, pois, uma vez confirmado, as informações não poderão ser alteradas. Ao concluir a inscrição será disponibilizado no aplicativo o número da inscrição e será enviado por email os dados cadastrados pela família e o número da inscrição.

Inscrições pela internet

O primeiro passo é o site da CDHU (www.cdhu.sp.gov.br). Na página inicial do site da CDHU haverá um banner “Faça agora sua inscrição”, que indica que há inscrições abertas. Clicar em qualquer lugar do banner para ser redirecionado para a próxima tela. Selecionar o empreendimento ‘Vinhedo-H (lote 2)’ para realizar as inscrições, e depois a opção “Prefiro me inscrever pelo site.”. Clicar na opção “Inscrição” e seguir as orientações. Será enviado o código de acesso por SMS ou ao e-mail informado.

O interessado deverá validar código recebido no menu “Validar Código de Acesso”. Caso o código esteja correto será aberto o formulário de inscrição. Preencha todos os campos, pois todos são obrigatórios. Ao concluir a inscrição será enviado por e-mail os dados cadastrados pela família e o número da inscrição. Caso necessário baixe o manual de inscrição para melhor compreensão do processo.

Condição para enquadramento dos candidatos 

Os interessados, bem como as demais pessoas que integrem a composição da renda familiar para financiamento, devem enquadrar-se em diversos critérios. Só poderão participar moradores com, no mínimo, 10 anos de residência na cidade, exigência especial em Vinhedo consolidada por Lei Municipal.

Por critério da CDHU, a renda familiar mensal deverá ser entre 1 e 5 salários mínimos para os grupos das famílias da demanda geral, das famílias das pessoas com deficiência, dos policiais e agentes penitenciários, e ainda, dos indivíduos sós.

Já para grupos das famílias das pessoas idosas e das famílias que vivem em áreas de assentamentos precários em situações de risco, indicadas pela Prefeitura, a renda família mensal deve ser de 1 a 10 salários mínimos.

Distribuição das unidades

Os 96 apartamentos serão divididos da seguinte forma: 7 moradias (7%) à pessoa com deficiência ou de cuja família façam parte pessoas com deficiência; 5 moradias (5%) à pessoa idosa (60 anos completos ou mais) na condição de titular do benefício habitacional; 4 moradias (4%) ao atendimento de policiais civis, policiais militares, agentes de segurança penitenciária e agentes de escolta e vigilância penitenciária; 3 moradias (3%) da quantidade final de inscritos na condição de indivíduos só, destinada a esse grupo, limitada a, no máximo, 3% moradias do empreendimento; 12 moradias para famílias que vivem em áreas de assentamentos precários em situações de risco, indicadas pela Prefeitura; e 65 unidades à demanda geral.

Dúvidas e informações

Em face da pandemia do coronavírus, o atendimento presencial da Secretaria de Habitação da Prefeitura de Vinhedo está suspenso. Em caso de dúvidas, moradores podem entrar em contato pelos telefones 3876-5746 ou 3886-4200, das 8h às 17h, ou ainda pelos e-mails [email protected][email protected]; ou [email protected]